Arquivo da categoria: Espírito Beat

para Rosanna

Caminhando sozinha
A menina de olhos belos e tristes.
As ruas ficando para trás como
Um esquecimento necessário,
Algo preciso.
Um passo de cada vez
Pode levá-la ao estranho abismo
Da insanidade.
Onde habito com meus iguais.
Mulher solar de delicadas mãos
Qual será o perfume que teus cabelos tem?
Quanto tempo demorará até chegar aqui?
Sentado em um bar, aceso o cachimbo,
Espero por seu olhar,
Beberemos esse trago e caminharemos
Em direção a noite que vem.
Andarilho de emoções
Seguirei seu olhar
Esperarei por um riso seu
Que talvez surja de repente
Como um tesouro que encontramos
Como uma melodia que nos acalenta o sonho.
Prudente menina já mulher
Guardiã das histórias.
Caminhe comigo até o próximo alvorecer
E depois partiremos em caminhos próprios
Mas sem jamais perder a força e poder do seu olhar,
Triste olhar que me cativou.

Tupã 12 de maio de 2011