Para Ana

foto_ pedro feitoza ceará-mirim – rio grande do norte

Ana tem voz de vento na cara
Desses que refrescam em dias quentes.
Ana tem voz de certeza na partida
quando se sabe que o melhor ainda está por vir.
Ana tem voz que arrepia a nuca,
como um carinho no meio das costas.
Ana tem voz de quem sabe das dores
de caminhar descalço por quilômetros.
Ana tem voz de mulher, menina, artesã de suas teias
como se o tempo habitasse um corpo.
Ana tem voz e cabelos soltos,
essa liberdade que só possui quem vive sua verdade.
Ana tem voz de aconchego amigo,
para aquelas noites em que só o vinho não é suficiente.
Ana tem voz boa para caetanear, buarquenear, nandonear
Zeppelinear, cazuzanear, mas é melhor quando é ela mesma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.