Em breve! “Um bocado de amor e outras guerras”

Tem alguns meses eu recebi um recado no messenger do Facebook do namorado de uma grande amiga. Nós, ele e eu, nunca havíamos conversado anteriormente e achei estranho. Li umas duas vezes para poder ter certeza do que estava escrito. Era um convite para participar de um projeto muito lindo, um presente, uma prova inequívoca de amor não só pela mulher mas sobretudo pela obra a que ela se dedica (embora ela tenha se dedicado com mais afinco já.) Fábio Bocco é dos meus, um homem que gosta e dá importância. Um homem que ama e que demonstra a seu modo.
Conheci Andressa Furtado em outra vida, em outro momento, em outro universo paralelo em que ainda cria na inocência dos seres e sorria mais. Na verdade Andressa e eu nunca nos vimos pessoalmente. Contudo nos comunicamos desde 2008. Nos lemos (ela a meu blog e eu ao dela) papeamos sobre nossa produção, sobre o que andamos lendo ou ouvindo e também sobre a vida, sobre os amores, sobre as filhas, sobre os sonhos. Somos amigos e companheiros de letras. Gosto do que ela escreve porque é bom para ler em voz alta também. Tem sangue, tem dor, tem uma feminilidade leoa, tem pegada e surpresa. Ela não doura a pílula, ela não finge orgasmos literários, ela não é delicada como uma virgem polianesca. Andressa é rock’n’roll. Ela não é Wanessa Camargo, ela é Elis Regina cantado “Atrás da Porta” e chorando enquanto era acompanhada pelo ex marido César Camargo Mariano. Andressa não é Taylor Swifti (sei lá como escreve), ela é Billie Holyday. Ela não é para narizinhos empoados e pudicos. Ela é pra quem tem ressaca da dor que a vida promove. Se você duvida é só dar uma olhada na minha lista de blogs que leio e a encontrará no topo ou então clica no link http://umaestranhanolivro.blogspot.com.br/.

Bem, voltando para os trilhos. Fábio reuniu alguns dos textos de Andressa em um livro que está para estourar por aí e a mensagem era um convite para que eu escrevesse o prefácio do livro. Claro que topei, claro que me senti honrado, claro que sim meu caro. Pedi alguns dias e escrevi em cima do fim do prazo porque… porque sim. Enviei para minha consciência e uma vez aprovada encaminhei a ele. Tudo então ainda era surpresa para Andressa que um dia me manda uma mensagem no whatapps me xingando e dizendo que adorou o texto. Imagina minha felicidade, imagina como fiquei tocado de fazer parte deste momento e ser eternizado ao lado dos escritos desta mulher que admiro tanto. Me sinto assim ainda hoje quando tanta coisa aconteceu em nossas vidas e no mundo todo.
Dias atrás ela nos informa que recebeu a boneca da editora e que o fim da gestação se aproxima. Mais sorrisos e mais ansiedade, falta pouco agora eu sei. Espero que seja o primeiro realmente e que ela escreva, apesar de nossos hiatos, que seja produtivo o amanhã até o momento em que nos tornamos uma verdade shakespeariana e  seremos de novo poeira de estrelas.

Bem, por enquanto temos a capa do livro e o desejo de que role logo. Sorte Andressa, Nina… Evoé e mais uma dose, claro que eu estou a fim.

10639423_10202489359743060_659524214413125034_n

Anúncios

Sobre Jim Duran

Professor, escritor, ator. Já foi chamado de Caminhante Noturno, já teve seus dramas e risos, lágrimas e desespero.
Nota | Esse post foi publicado em Veja quantos livros na estante!. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s