Calado como um cão

Calado, como um cão sem dono,
Sem ser mas sentindo-se culpado.
Como uma mosca a quem se
Se esmaga num tapa simples,
Como um copo quebrado
Jogado no lixo.
Hoje é meu dia de morrer um pouco.
E o que importa?
Ninguém escreve aos poetas.

image

Publicado do WordPress para Android

Anúncios

Sobre Jim Duran

Professor, escritor, ator. Já foi chamado de Caminhante Noturno, já teve seus dramas e risos, lágrimas e desespero.
Esse post foi publicado em Tudo junto. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s