para a Cam.

Um poema para um amiga linda e para fazer sorrir nossa segunda feira.

Teus olhos, Camila, são perigosos
como sonhos
daqueles que se tem vontade e urgência
de se realizar
Teus olhos, Camila, são dois escudos
duas lanças que acertam e nos deixam cativos
como se fossemos tuas presas.
E somos.
Teus olhos, Cam, são como prenúncio de toda a beleza que tua juventude tem.
Com lábios e beijos.
Teus olhos, Camila, são perigosos como um acelerador, como uma Harley na estrada.
Teus olhos são teus, Cam.
403906_227563743990385_967831756_n (1)
Anúncios

Sobre Jim Duran

Professor, escritor, ator. Já foi chamado de Caminhante Noturno, já teve seus dramas e risos, lágrimas e desespero.
Esse post foi publicado em Tudo junto. Bookmark o link permanente.

2 respostas para para a Cam.

  1. Cam Bor disse:

    Sem palavras Jim.
    Quero um gole de ti após este presente,
    pra vê se sua poesia em mim se instale.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s